Conheça iniciativas solidárias para enfrentar a crise do coronavírus

Conheça iniciativas solidárias para enfrentar a crise do coronavírus

Um dos povos mais receptivos e solidários do mundo é o brasileiro. Com a crise instalada pela covid-19 desde março de 2020, muitas pessoas saíram da zona de conforto e decidiram agir em prol do próximo. Afinal, o país tem milhões de pessoas vivendo em situações precárias, em condições de rua ou que necessitam da presença de público para vender suas mercadorias por meio da informalidade.

Observando o desespero da população, empresários, profissionais liberais, equipes esportivas, religiosos, entre tantos outros se mobilizaram e iniciaram campanhas de arrecadação de alimentos e dinheiro para auxiliar quem mais precisa seja por meio da distribuição de cestas básicas ou destinando respiradores aos hospitais.

Em Guarulhos, por exemplo, a equipe Vedacit Vôlei doou 510 Kg de alimentos para ajudar 100 pessoas da região do Cabuçu, bairro periférico da cidade. A distribuição foi feita pelo presidente do time Anderson Marsili juntamente com a diretora social Nívea Marsili. O projeto beneficiado é uma associação que utiliza o vôlei para fazer ações sociais no município.  

Intitulado Associação de Voleibol Guarulhense, o projeto tem como incentivador o professor Luiz Carlos Silva, que elogiou a ação do time. “Assim que iniciaram as preocupações, por causa do coronavírus, muitas crianças e suas famílias começaram a ter problemas. Nós saímos procurando ajuda e o Vedacit Vôlei Guarulhos foi o primeiro a nos atender com doação”, afirmou.

Mesmo com as atividades do time suspensas em razão do isolamento social, Nívea Marsili disse que as ações sociais vão continuar pela cidade. “Nossos atletas estão em casa seguros, atendendo a recomendação de distanciamento social. Esta é a primeira ação beneficente que estamos fazendo, neste contexto de coronavírus, mas já sabemos que vamos continuar ajudando porque novos parceiros estão chegando para que a gente possa manter essa corrente do bem”, disse a diretora social do time de vôlei.

Ações solidárias Brasil afora

Além dessa ação, muitas outras estão programadas, tendo o apoio da equipe de vôlei, que está utilizando o esporte como ferramenta de transformação.

Mas não é só em Guarulhos que os cidadãos estão mobilizados. Prefeitos de várias cidades firmaram parcerias com comunidades terapêuticas e clínicas para ajudarem moradores de rua nesse momento crítico. Após passarem por exames, quem aceitou o tratamento pôde sair da vida sofrida nas ruas.

Empresários montaram campanhas solidárias e estão doando dinheiro para auxiliar às famílias carentes e hospitais. Há redes de lojas que não vão cobrar juros pelo pagamento dos boletos atrasados e estão segurando os empregos nesse momento de paralisação nas atividades.

Os jogadores do RedBull Bragantino também fizeram uma vaquinha e compraram respiradores para o hospital da cidade, sem falar nas inúmeras ações solidárias que estão acontecendo pelos quatro cantos do Brasil. Nas mídias sociais, existem campanhas de arrecadação de fundos para entidades assistenciais assim como ações individuais de pessoas engajadas, ou seja, a população está unida para ajudar ao próximo e também para vencer o coranavírus.

E você, gostou do nosso post? Então aproveite e compartilhe-o em suas redes sociais, levando conteúdo de qualidade aos seus amigos e familiares!

0

Nenhum comentário

No comments yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.