O que você vai mudar em sua vida após a pandemia?

O que você vai mudar em sua vida após a pandemia?

Mudar é um verbo que vem sendo conjugado diariamente na vida de milhões de pessoas que estão em distanciamento social. Se você não atua em serviços essenciais à população, certamente já teve alguns insights desde o início da quarentena. Afinal, ficar 24h dentro de casa faz com que a vida tome novos sentidos.

O momento é delicado e muita gente está revendo conceitos, formas de trabalho, projetos, alterações no comportamento, enfim, o ser humano está passando por uma fase de ressignificação. E você, pretende sair da pandemia melhor do que como entrou? Continue lendo este post e veja algumas possibilidades de evolução!

É possível mudar em apenas 40 dias?

O processo de mudança na vida do ser humano, seja em qualquer área, necessita de esforço, disciplina e comprometimento. Geralmente, tudo é resultado de uma prática de, no mínimo, três meses ou 90 dias. Assim, esse período de quarentena pode ser o princípio de novas atitudes. O start já foi dado, o primeiro passo rumo ao seu desenvolvimento pessoal e profissional. 

A principal dica nesse momento é observar as indicações que a sua própria mente está destinando para você. Isso porque ficar mais tempo em um mesmo ambiente faz com que as reflexões aconteçam naturalmente. Certamente, você terá ou já teve insights sobre o que está indo bem, o que precisa melhorar e pontos que precisam ser excluídos de sua vida em todos dos sentidos.

Portanto, faça do limão uma limonada e não deixe o aspecto emocional se abalar ao longo desse período de isolamento social. Muitas vezes, a mudança imposta pode ser o princípio de uma nova rotina, bem mais estimulante em comparação ao que você já estava acostumado ou na zona de conforto.

Apesar das mudanças serem pessoais, listamos algumas que podem fazer parte da sua vida. Acompanhe!

Novos conhecimentos 

Ficar em casa por tanto tempo como a maioria das pessoas nunca experimentou faz com que novos projetos sejam colocados em pauta. Certamente, você fez algum curso online e já ficou motivado para continuar na busca por mais conhecimento.

Quem sabe, saindo dessa quarentena, você não aproveita para se inscrever em um MBA? Ou Pós-graduação, nova faculdade, um curso de algum hobby que você é vidrado, enfim, é hora de tirar do armário os sonhos que estavam guardados a sete chaves.

Mais investimento na saúde 

Todo mundo ouve ao longo da vida: saúde é o que interessa, o resto não tem pressa. Mas, na prática, a pressa é o que nos move. E, agora, você vai continuar em um ritmo frenético no dia a dia? Certamente, inúmeras pessoas começarão a valorizar mais a saúde, mantendo exames de rotina, praticando atividades físicas, tendo uma alimentação balanceada, enfim, o exemplo do coronavírus nos mostrou a fragilidade da vida e a importância de nos cuidarmos.

Maior presença ao lado de quem você ama

Quem está ao seu lado nessa hora? A pandemia é um retrato de que a família é importantíssima na valorização da vida e cuidado com o ser humano. Muitos laços afetivos se fortaleceram e isso deve ser levado adiante. Pais ficaram mais tempo ao lado dos filhos, pets receberam mais carinho e atenção, casais tiveram diálogos como nunca. São situações simples que têm um grande valor! Portanto, busque continuar nessa pegada, pois elas contribuirão com a sua qualidade de vida.

Menos consumismo  

Com o comércio de portas fechadas, percebemos que não precisamos de muita coisa que nos apegamos no dia a dia. A quarentena está sendo um recado para o ser humano investir no que realmente é importante, evitando gastos superficiais. É preciso ter dez pares de sapatos? Trinta camisas e vinte calças?

São questionamentos que estão na mentalidade de quem abre diariamente o armário e observa a situação interna. Aliás, o nosso mundo interno se reflete no externo. Que ser humano você quer ser daqui em diante? A resposta é o que vai dar um gás em sua vida! Portanto, acredite e pratique. Afinal, quem faz diferente evolui.  

Ficou motivado após ler o nosso post? Então ajude mais pessoas a pensar no pós-quarentena. Compartilhe agora mesmo esse conteúdo em suas redes sociais! 

0

Nenhum comentário

No comments yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.