Você sabe o que é a Síndrome de Burnout? Entenda agora!

Você sabe o que é a Síndrome de Burnout? Entenda agora!

Do inglês, o termo Burnout significa “queimar até o fim”. Tendo em vista que o estresse é um esgotamento profissional bem acentuado, a expressão surgiu nos Estados Unidos e dá nome a uma doença que traz sérias consequências no ambiente corporativo. Para você ter uma ideia da dimensão do problema, o Brasil é o segundo em número de casos do mundo, ficando atrás apenas dos Estados Unidos. 

De cada 10 profissionais, pelo menos três sofrem com estresse. Portanto, é preciso conhecer essa doença para buscar os meios de prevenção, como você vai ler neste post. Confira! 

Entenda o que é a Síndrome de Burnout    

A Síndrome de Burnout é um estado de exaustão ocasionado por constantes pressões no ambiente de trabalho. Assim, o profissional tem uma queda acentuada na autoestima e ainda fica desmotivado, mesmo que tenha descansado por um bom período de tempo. 

Trata-se de uma situação muito comum na atualidade em razão do alto grau de  competitividade entre as empresas, aspectos que faz com que os colaboradores sejam cada vez mais cobrados por resultados.  

Dessa maneira, o excesso de trabalho acaba se transformando em uma realidade, aumentando o estresse e também problemas associados, como ansiedade e depressão. 

Veja as consequências da Síndrome de Burnout   

Reconhecida como doença pela Organização Mundial da Saúde (OMS), a Síndrome está inserida no CID e é uma das principais causas de afastamentos no mercado de trabalho. 

Ao chegar em um alto grau de estresse, as pessoas acabam sofrendo de hipertensão, gastrite, fadiga, distúrbios do sono, depressão, síndrome do pânico, doenças cardiovasculares, entre outras. 

Além disso, o estresse é o causador de outros males que afetam consideravelmente no desempenho. Entre eles, podemos citar o abuso de álcool e outras drogas, aspecto que prejudica imensamente no índice de produtividade. 

Portanto, caso você esteja se sentindo muito exausto, se vem acordando com cansaço e percebe que há algo ruim internamente, a dica é procurar uma ajuda especializada, como um psicólogo que possa auxiliar na terapia que melhor se adapte ao seu estilo de vida e histórico de vida. 

Problemas para empresas   

Além do afastamento corriqueiro, as empresas também sofrem em razão da Síndrome de Burnout. A redução no índice de produtividade é uma realidade, inclusive com danos nas dinâmicas de equipe, ou seja, projetos podem ser atrasados, com até mesmo perda de clientes. 

Outro ponto que não pode ser descartado são os acidentes de trabalho e perda das oportunidades. Portanto, caso você observe algum colaborador que esteja passando pelo esgotamento profissional, a orientação é ajuda-lo, pois os danos podem ser bem maiores do que simplesmente o aspecto pessoal. 

Afinal, manter um ambiente com qualidade de vida, valorizando o bem-estar, é fundamental para fazer com que as empresas cresçam e destinem o melhor para seus colaboradores. 

Assim, mantenha um olhar bem apurado em relação aos seus funcionários e valorize sempre o diálogo, pois são atitudes que podem auxiliar em uma prevenção de uma doença que possa se tornar incontrolável. 

E você, está em dia com a saúde? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais e ajude a levar informação de qualidade para mais pessoas!  

0

Nenhum comentário

No comments yet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.